Foto 3x4 - San Marino

acho que vou voltar a postar aqui...

Mudando as coisas pro outro blog:
Por favor atualizem o bookmark.

http://bar-caipira.blogspot.com/
Então Pode Ir - Bruno & Marrone
Você me fala com tanta certeza
Que não tem medo de nada
Seu amor tá me deixando e buscando outra estrada
E o mundo em minha volta é só dor e solidão.

Você me pede pra que eu te esqueça
De um jeito indiferente
Esqueceu que no passado meu amor se fez presente
Enfrentando frio e chuva pra aquecer seu coração.

Acontece que está tão diferente e eu não posso fazer nada
Solidão é companheira quase toda madrugada
Implorar não adianta se não vai querer ficar.

Então pode ir
Mas vai na certeza que vai de uma vez
Esquece essa vida o que a gente já fez
Que o meu coração vai levando com jeito.

Então pode ir
Mas vai na certeza que fica uma dor
Que fica a tristeza e um resto de amor
Virando a cabeça e rasgando meu peito.
Como Ficar Sem Você - Bruno & Marrone
como ficar sem você se seus abraços e seus beijos são meus guias
não tem como te esquecer se você é o pão de cada dia
o teu sangue é vinho quente que transborda feito enchente em minhas veias
o teu abraço é fogueira, me queimando a noite inteira, me incendeia.

como ficar sem você se acostumei beijar seu rosto de manhã,
seus cabelos espalhados, seu pescoço perfumado, de maçã
atrás de um box transparente, você toma um banho quente e relaxa
se enrola na toalha preta, tranca o medo na gaveta e me abraça.

como ficar sem você, se sem você não tem espaço
meu coraçãoo só quer você e eu sou mais eu no seu abraço.
como ficar sem você, se a solidão me apavora
não me peça pra esquecer, eu não vivo sem você, não me manda ir embora.
Pra Que Fingir - Bruno & Marrone
Não, não posso mais, ficar aqui na solidão
Se, não me quer mais, devolva pra mim meu coração
Se, te fiz sofrer, eu já paguei por merecer
Se já sofremos iguais, merecemos a paz, tudo em nome do amor.
Te fiz sofrer tanto assim, sei o quanto é ruim, também senti essa dor.

Pra que fingir que não ama ninguém?
Vem, traz teu sorriso, que o meu paraíso é o seu coração.
Vem, que a felicidade, sofre de saudade nessa solidão.

Pra que fingir que não ama ninguém?
Vem, traz teu sorriso, que o meu paraíso é o seu coração.
Vem, que a felicidade, sofre de saudade nessa solidão.
É Você Que Eu Amo - Bruno & Marrone
moça você me pergunta não sei responder,
por isso eu fico aqui parado sem saber porque,
eu que sempre fui valente, forte, sangue quente, não sentia dor,
moça eu to sofrendo, to aqui morrendo, por um grande amor.

moça tô meio sem jeito de me declarar
por isso eu fico aqui calado sem poder falar
falar de todos os segredos, moça eu tenho medo do meu desengano
que Deus abençoe, moça me perdoe, mas é você que eu amo.

tá no ar, tá no meu olhar no sol
na luz do luar, tá no meu sorriso.
tá na cor, no beijo do beija-flor
tá nas mãos de Deus, é tudo que eu preciso.
se não tivesse ido - Bruno & Marrone
mas tudo que vejo faz lembrar você
espero outro dia pra te ver aqui
deu um jeito tão carente
sorriso transparente
se agarrando em mim.

a vida vai passando e tudo é tão igual
o pranto no meu rosto é feito um temporal
é o vinho que embriaga é o pão de cada dia
eu era tão feliz, e juro eu não sabia.

e nada é mais difícil que viver sem ti
sofrendo pela espera de te ver voltar
o frio do meu corpo pergunta por ti,
e não sei onde estás
se não tivesse ido eu era tão feliz.
Preto Velho - Tião Carreiro & Pardinho
Preto Velho - Tião Carreiro & Pardinho

Perguntei ao preto velho,
Porque chora meu herói ?
Preto velho respondeu,
É meu coração que dói.

Eu já fui bom cantieiro,
Fui carreiro e fui peão
Já derrubei muito mato
E já lavrei muito chão.

Com carinho carreguei
Os filhos do meu patrão
Em troca do que eu fiz,
Só recebi ingratidão.

Perguntei ao preto velho,
Porque chora meu herói ?
Preto velho respondeu,
É meu coração que dói.

Sempre chamei de senhor,
Quem me tratou a chicote
Livrei o patrão de cobra,
Na hora de dar o bote.

Eu sempre fui a madeira,
E o patrão foi o serrote
Sofri mais do que boi velho,
Com a canga no cangote.

Perguntei ao preto velho,
Porque chora meu herói ?
Preto velho respondeu,
É meu coração que dói.

Da terra eu tirei o ouro,
E o patrão fez seu anel,
Mas agora estou velho
E meu patrão mais cruel.

Está me mandando embora,
Vou viver de bel em bel
O que me resta esperar
A recompensa do céu.
Minas Gerais - Tião Carreiro & Pardinho
Minas Gerais - Tião Carreiro & Pardinho

Se a minha vista alcançasse,
Onde o pensamento vai
Talvez não sofresse tanto,
Por não ver Minas Gerais.

Nunca mais minha Araponga,
Escutei cantar nas mata
Pra mineira que eu adoro
Eu nunca mais fiz serenata.

Quero meu pai e mãe abraçar
Ouvir o sabiá cantador
A campina o perfume da flor
Lá da serra ver o sol raiar

Quero ver o meu céu estrelado
E o clarão que a lua faz
Ver meu amor que felicidade
Quanta saudade, Oi Minas Gerais!
Oi Minas Gerais.

Vivendo assim tão distante
A saudade é muito mais
Você sofre, eu também sofro
Padecemos os dois iguais.

Longe de ti meu benzinho
Fico sempre a padecer
Saudade está me matando
Eu sou capaz de enlouquecer.

Quero meu pai e mãe abraçar
Ouvir o sabiá cantador
A campina o perfume das flor
Lá da serra ver o sol raiar.

Quero ver o meu céu estrelado
E o clarão que a lua faz
Ver meu amor que felicidade
Quanta saudade.Oi Minas Gerais!
Oi Minas Gerais!
Victor & Léo
Não conhecia ainda, mas os 2 são bons :)

http://www.victoreleo.com/

Astro Rei - Trio Parada Dura

Astro rei majestoso e brilhante inimigo das trevas
Astro rei que aquece a vida existente na terra
Desde o início seus raios ardentes a turva aqueceu
Astro rei prova viva da santa existência de Deus

Astro rei se os homens poderosos da super potencias
Te estudassem com inteligência teriam temor
Mas não podem estão mergulhados num mundo de sombra
Buscando poderes fabricando bombas
Pra gente inocente pagar com a dor

Rei sol voce que está bem mais perto do pai
Procure saber se a gente ainda vai
Ter paz e amor ao inves de guerra
Rei sol peça-lhe também que amenize as dores
De todos os pobres e trabalhadores
Escravos dos grandes senhores da Terra

Pombinha Mensageira - Edson & Hudson
2007 (Na Moda do Brasil Ao Vivo)

Oh pombinha mensageira leve para minha amada
Essa carta apaixonada que chorando escrevi
Diga pra minha querida que eu só vivo penando
Me pergunto soluçando que mal foi que cometi

Voa de pressa pombinha antes que a noite apareça
Antes que eu me enlouqueça por favor esteja aqui
Se trouxer boas notícias essa solidao eu venço
Mas se não for o que penso sei que nao vou resistir

Quando ela abrir a carta vai notar borrões e erros
Diga que nesse desterro foi chorando que escrevi
Os borrões sao os meus prantos que caíram sobre as letras
E os erros são memórias que por ela eu perdi

Com certeza ela entende mesmo estando mal escrita
Não contém frases bonitas mas falei o que senti
Diga que eu estou sofrendo por viver assim ausente
Que a amo loucamente desde quando eu a vi

O dia vem clareando ainda estou acordada
Tristonho desesperado e a pombinha não vem
Sera que ela não sabe como é triste o abandono
Ja perdi noites de sono sofrendo por querer bem

O quanto dói a solidão - Chrystian & Ralf
1999 (Estação Paraíso)

Voltei aqui pra te dizer amor
Que hoje eu sou outra pessoa
Ficar distante de voce me da saudade
Doi demais... o tempo voa

Parece que eu vi o mundo desabar
Deu vontade de gritar de parar esse avião
E fazer você ficar...

Hoje eu sei o quanto dói a solidão
Pra quem perde uma paixão como eu perdi voce
Hoje eu sei que o amor não acabou
Tanto tempo já passou e eu não consigo te esquecer

Daniel Viola - Orkut e Youtube
http://www.orkut.com/FavoriteVideoView.aspx?uid=14612605339127503433&ad=1180669050

Pra ver mais, só entrar no YouTUBE e procurar por Daniel Viola.

http://http://youtube.com/
Dica do amigo "Lascadão".
Matogrosso & Mathias (Discografia)

Vol. 11 - Magia

1 Frente A Frente
2 Só Mais Uma Chance
3 Vestido Azul
4 Vai À Luta Coração
5 Sem Endereço
6 Duelo De Amor
7 Magia
8 Pequena Lembrança
9 Quando O Amor Se Transforma Em Poesia
10 Ela
11 Espécie De Vício
12 Risos De Amigos

Matogrosso & Mathias

Todos os discos e anos, se algum tiver errado nos avise...



1976 - Vol. 01
1977 - Vol. 02
1978 - Vol. 03
1979 - Vol. 04
1980 - Vol. 05
1981 - Vol. 06 (O Homem Da Sua Vida)
1982 - Vol. 07
1984 - Vol. 08 (24 Horas De Amor)
1985 - Vol. 09 (Mulher)
1986 - Vol. 10 (Canto De Paz)
1987 - Vol. 11 (Magia)
1988 - Vol. 12
1989 - Vol. 13 (Ponto De Chegada)
1990 - Vol. 14
1995 - Vol. 15
1996 - Vol. 16
1999 - Vol. 17 (Ao Vivo)
2001 - Vol. 18 (25 Anos: Acústico)
2003 - Vol. 19 (Mistério)
2004 - Vol. 20 (Ao Vivo Convida)
2006 - Vol. 21 (Um Século Sem Ti)
O homem que bebe pinga vive na embriaguês,
cachorro que come ovo,
mulher que dá a primeira vez,
não existe doutor no mundo,
que tire o vicio dos três.
Bicho Bom É Mulher - Edson & Hudson
2007 (Na Moda do Brasil Ao Vivo)

Ê bicho bom, bicho bom é mulher
Quanto mais a gente tem
Muito mais a gente quer
Ê bicho bom, bicho bom é mulher
Quanto mais a gente tem muito mais a gente quer.

Duas mulheres é bom, quatro, cinco é muito mais
Seja loira ou morena, pobre ou rica tanto faz
Mas também se for sincera uma também não é pouco
Uma mulher carinhosa, deixa qualquer homem louco.

O homem tem que ser forte, valente e destemido
Tem que enfrentar a morte, cara a cara se é preciso
Se o negócio é com mulher, seja a hora que for
Tem que tratá-la com jeito, com carinho e com amor.

Ê bicho bom, bicho bom é mulher
Quanto mais a gente tem
Muito mais a gente quer
Ê bicho bom, bicho bom é mulher
Quanto mais a gente tem muito mais a gente quer.

Já fui picado de cobra, escorpião e caranguejo
Tenho veneno no sangue, para tudo tem um jeito
O meu corpo é vacinado, para qualquer ferimento
Mas picada de mulher, confesso que não aguento.

Ê bicho bom, bicho bom é mulher
Quanto mais a gente tem
Muito mais a gente quer
Ê bicho bom, bicho bom é mulher
Quanto mais a gente tem muito mais a gente quer.
Bobeou a gente Pimba - Trio Parada Dura
Bobeou a gente Pimba
Bobeou a gente Pimba
Todo dia acontece, anoitece ou amanhece
Bobeou a gente Pimba

Bobeou a gente Pimba
Bobeou a gente Pimba
É na sala ou na cozinha, todo dia tem festinha, bobeou a gente pimba!

Sempre fui tão controlado,
Apesar de ocupado não faltava em compromisso,
Hoje vivo enrolado, ando tão desanimado e faltando do serviço,
Eu estou desconfiado que tomei café coado preparado com feitiço,
Ela me dá um abraço nem me lembro do cansaço,
Qualquer dia eu morro disso!

Bobeou a gente Pimba
Bobeou a gente Pimba
Todo dia acontece, anoitece ou amanhece
Bobeou a gente Pimba

Bobeou a gente Pimba
Bobeou a gente Pimba
É na sala ou na cozinha, todo dia tem festinha, bobeou a gente pimba!

Meus amigos tão dizendo que eu vou acabar morrendo de um mal que não tem cura
mas eu tomo catuaba, como ovo de codorna, mocotó e Rapadura
Bateria carregada, eu cumpro minha jornada e desmaio no sofá
Quando é de madrugada minha feiticera amada volta pra mi carinhá.

Bobeou a gente Pimba
Bobeou a gente Pimba
Todo dia acontece, anoitece ou amanhece
Bobeou a gente Pimba

É na sala ou na cozinha, todo dia tem festinha, bobeou a gente pimba!
É na sala ou na cozinha, todo dia tem festinha, bobeou a gente pimba!
É na sala ou na cozinha, todo dia tem festinha, bobeou a gente pimba!
[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]
Meu Perfil
BRASIL, Homem
Visitante número: